Os efeitos da poluição e da contaminação por produtos químicos sobre a saúde da população são tema do seminário “Mortalidade e doenças por produtos químicos perigosos, contaminação e poluição do ar e água do solo”, promovido pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, no contexto da Estratégia Fiocruz para Agenda 2030. Em formato on-line, o evento será realizado dia 1º de junho, das 10h ao meio-dia, com transmissão pelo canal da VideoSaude Distribuidora da Fiocruz no YouTube. Para assistir, acesse www.saudeamanha.fiocruz.br.

Possíveis cenários pós-pandemia

sexta-feira, 08, maio , 2020 por

Grupos de pesquisadores apresentaram, nesta quinta-feira (30/4), ao ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, trabalhos com possíveis conjunturas pós-pandemia e estratégias de controle da Covid-19.






Grupos de pesquisadores apresentaram, nesta quinta-feira (30/4), ao ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, trabalhos com possíveis conjunturas pós-pandemia e estratégias de controle da Covid-19.






Fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e criar as bases para um estado de bem-estar social é a única saída para a crise sanitária, política, econômica e social instalada no Brasil em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Essa é a aposta dos sanitaristas José Carvalho de Noronha, coordenador executivo da rede Brasil Saúde Amanhã, e Jairnilson Paim, professor do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA). Os dois participaram, na última sexta-feira, 3 de abril, do seminário virtual “Desafios para o enfrentamento da Covid-19 no Brasil”, promovido pela iniciativa ISC em Casa.






Se nós precisávamos lembrar que vivemos em um mundo interconectado, o novo coronavírus tornou isso mais claro do que nunca. Nenhum país pode resolver esse problema sozinho, e nenhuma parcela de nossa sociedade pode ser desconsiderada se quisermos efetivamente enfrentar este desafio global. O Covid-19 é um teste não apenas de nossos sistemas e mecanismos de assistência médica para responder a doenças infecciosas, mas também de nossa capacidade de trabalharmos juntos como uma comunidade de nações diante de um desafio comum.






A Reforma Sanitária hoje

quinta-feira, 05, março , 2020 por

No dia 06 de março de 2020 reuniremos para uma roda de conversa diferentes pessoas que trabalham, estudam, militam e se importam com os rumos da saúde no Brasil com o objetivo de discutir como pensamos a Reforma Sanitária hoje. O ponto de partida para a conversa será a produção de textos apresentados a um número especial da Revista Saúde e Debate com o título “Outros Olhares para a Reforma Sanitária Brasileira”.






Quatro ameaças para o futuro global

sexta-feira, 24, janeiro , 2020 por

O novo ano começa com quatro ameaças iminentes ao progresso humano no mundo: tensões geopolíticas crescentes, crise climática, desconfiança global e impactos negativos da tecnologia, disse o secretário-geral da ONU, António Guterres, nesta quarta-feira (22). Em um amplo discurso na Assembleia Geral, o chefe da ONU delineou estratégias para abordar tais ameaças e instou os países a aproveitar o 75º aniversário da ONU para garantir um futuro pacífico para todas as pessoas. “É por isso que comemorar o 75º aniversário com bons discursos não serve. Precisamos enfrentar esses quatro desafios do século 21 com quatro soluções do século 21”, declarou Guterres.






O seminário “O Futuro da Saúde no Brasil: Compromisso Social da Ciência” reúne, dia 6 de dezembro, na Fiocruz, presidentes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e vice-reitora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para anúncio das parcerias da Fiocruz com UFRJ e Unicamp. Com palestra do neurocientista Sidarta Ribeiro, diretor do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorre na Av. Brasil 465, Manguinhos – Tenda da Ciência, é aberto ao público em geral e sem necessidade de inscrição prévia para participação. O Seminário será transmitido ao vivo no Canal Saúde da Fiocruz -https://www.youtube.com/user/CanalSaudeOficial






Seminário “Abuso de substâncias no Brasil”

segunda-feira, 18, novembro , 2019 por

Promovido pela Iniciativa Brasil Saúde Amanhã, no contexto da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030, que busca analisar o cenário do setor projetado para os próximos 20 anos, o Seminário abordará o cumprimento do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3.5, da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável (ONU), voltado para o reforço da prevenção e do tratamento do abuso de substâncias, incluindo o abuso de drogas entorpecentes e uso nocivo do álcool.






Doenças negligenciadas e seus desafios

quarta-feira, 07, agosto , 2019 por

Acabar com as epidemias de doenças negligenciadas está entre os desafios definidos pela ONU para serem alcançadas mundialmente até 2030, presente na meta 3.3 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Os avanços e os desafios no combate a essas enfermidades foi tema do seminário Doenças Negligenciadas e a Agenda 2030, promovido pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã

Página 1 de 10
TOP