Pensar a Saúde como eixo central da recuperação econômica e social no cenário ainda incerto após a crise sanitária foi o mote do seminário on-line “O Brasil depois da pandemia: horizontes econômicos no mundo e no Brasil e o Complexo da Saúde”, promovido no dia 29 de março pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, no âmbito da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030. O evento foi transmitido pela VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz. Leia a cobertura completa do evento.

Em todas as projeções para o futuro, o Brasil é o país que menos aumentará o gasto público per capita com serviços de saúde – e mudar esse cenário é imprescindível para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS), reduzir as desigualdades sociais e se aproximar dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela Organização

As consequências  da atual crise sanitária na economia global, seus impactos sobre a economia brasileira e as transformações tecnológicas, econômicas e sociais no pós-pandemia estarão em debate no seminário on-line “O Brasil depois da pandemia: horizontes econômicos no mundo e no Brasil e o Complexo da Saúde”, dia 29 de março, das 10h ao meio-dia.

Os impactos da pandemia de Covid-19 sobre o investimento em saúde e as modalidades de prestação de serviços do setor no país são tema do seminário on-line “Perspectivas do Financiamento da Saúde e Relações Público-Privado no Brasil”, que a iniciativa Brasil Saúde Amanhã promove dia 15 de março, das 10h ao meio-dia.  O evento será

O modelo de Estado Social adotado pelo Brasil em resposta à pandemia de Covid-19 será decisivo para a organização do sistema de cuidados em saúde no horizonte dos próximos 20 anos, com consequências diretas para a vida da população e o desenvolvimento nacional. A conclusão é de economistas e sanitaristas que participaram, dia 8 de fevereiro, do seminário on-line “O Brasil depois da Pandemia: Futuro do Estado Social, Administração Pública e Instituições de Saúde”, promovido pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, em associação à Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030. Os pesquisadores apresentaram estudos inéditos desenvolvidos para a iniciativa Brasil Saúde Amanhã, publicados como Textos para Discussão disponíveis em acesso aberto no portal Saúde Amanhã.

Como será o Brasil depois da pandemia de Covid-19? Qual o futuro possível para o estado de bem-estar social? Quais os rumos da administração governamental no horizonte dos próximos 20 anos? Como evoluirão as organizações de saúde e o trabalho em saúde nas próximas décadas? A partir dessas perguntas norteadoras, a rede Brasil Saúde Amanhã, vinculada à Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030, promove o seminário on-line “O Brasil depois da Pandemia: Futuro do Estado Social, Administração Pública e Instituições de Saúde”. O evento acontece dia 8 de fevereiro, segunda-feira, das 10h ao meio-dia, com transmissão on-line pelo canal da VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz no YouTube. Assista em www.saudeamanha.fiocruz.br.

Retrospectiva 2020

segunda-feira, 28, dezembro , 2020 por

No ano em que a humanidade e os sistemas de saúde de todo o mundo foram desafiados pela pandemia de Covid-19, a iniciativa Brasil Saúde Amanhã atualizou sua produção científica de forma a incluir os impactos da emergência sanitária causada pelo novo coronavírus nos cenários prospectados para o futuro do Brasil e do Sistema Único de Saúde (SUS) no horizonte móvel dos próximos 20 anos. A rede interdisciplinar de pesquisa, que é pioneira na prospecção de futuros para o setor Saúde, completou uma década de atividades em 2020. Confira nesse especial os principais destaques do ano. Todo conhecimento produzido está disponível em acesso aberto no portal Saúde Amanhã.

 “Não há dúvida que a principal questão de Saúde Pública, hoje, é como retomar a prioridade da vacinação em nossa sociedade. Esta é a ação mais efetiva para proteção da saúde, que tem como resultado direto a redução da morbimortalidade por causas imunopreveníveis e a erradicação de diversas doenças”, afirmou o diretor-adjunto da Organização Pan-Americana

A prospecção de cenários futuros para o Brasil e o setor Saúde, com o olhar em 2040, foi o mote do seminário on-line “Pensando o Futuro da Saúde no Brasil: População, Segurança Alimentar e Desigualdades”, promovido nesta terça-feira, 15 de dezembro, pela rede Brasil Saúde Amanhã, iniciativa pioneira da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a

Lançado pelo selo Porto Livre, do Icict/Fiocruz, o livro está disponível em acesso aberto. Confira.

Leia na íntegra.

Página 1 de 13
TOP