Pensar a Saúde como eixo central da recuperação econômica e social no cenário ainda incerto após a crise sanitária foi o mote do seminário on-line “O Brasil depois da pandemia: horizontes econômicos no mundo e no Brasil e o Complexo da Saúde”, promovido no dia 29 de março pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, no âmbito da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030. O evento foi transmitido pela VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz. Leia a cobertura completa do evento.

 “Não há dúvida que a principal questão de Saúde Pública, hoje, é como retomar a prioridade da vacinação em nossa sociedade. Esta é a ação mais efetiva para proteção da saúde, que tem como resultado direto a redução da morbimortalidade por causas imunopreveníveis e a erradicação de diversas doenças”, afirmou o diretor-adjunto da Organização Pan-Americana

Nota técnica trata os aspectos ligados à dimensão territorial da pandemia nas metrópoles brasileiras, reconhecendo a relação existente entre contaminação, infraestrutura e densidade demográfica para identificar os territórios mais propensos à disseminação da Covid-19.

Leia na íntegra.

ONU: desigualdade é ameaça ao progresso social

quinta-feira, 20, fevereiro , 2020 por

Relatório Social Mundial 2020 “Desigualdade em um mundo em rápida mudança” está disponível, em inglês.
Leia na íntegra.

PNUD: Relatório de Desenvolvimento Humano

quarta-feira, 11, dezembro , 2019 por

Com altos indícies de desigualdade, Brasil cai uma posição na lista de países classificados no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)

Leia na íntegra.

Desafios e avanços na produção de vacinas

sexta-feira, 25, outubro , 2019 por

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa F. Etienne, destacou os avanços e desafios da produção de vacinas durante a abertura da 20ª reunião geral da Rede de Produtores de Vacinas dos Países em Desenvolvimento (DCVMN), nesta terça-feira (22), no município do Rio de Janeiro. “Eu vejo esta rede como um bem público global, uma rede de fabricantes e inovadores que assumiram o princípio da ação coletiva e da solidariedade para proteger a saúde mundial. As vacinas que vocês produzem protegem e promovem a saúde de milhões de pessoas nesta região (Américas) e no mundo”, afirmou.

O número de países que dependem da exportação de matérias-primas atingiu seu nível mais alto em 20 anos, segundo novo relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) publicado nesta quarta-feira (15).

A água do seu banho demorado ou da lavagem da calçada com a mangueira é uma gota perto da quantidade utilizada em tarefas menos domésticas e muito mais grandiosas. Em tempos de escassez de recursos hídricos nos grandes centros urbanos, o debate sobre diminuir o consumo de água fazendo economia no chuveiro tira o foco de um

Jessé de Souza na Fiocruz

segunda-feira, 19, fevereiro , 2018 por

No dia 22 de fevereiro, às 13h30, será realizada na ENSP a aula inaugural do curso de Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde com ênfase na Estratégia de Saúde da Família. Ele está em sua terceira edição, e neste ano o tema central será O Brasil tem jeito? Sociedade e saúde em tempos de crise. Para debater e questionar o papel de cada um como cidadão, e, mais do que isso, como aluno, pesquisador e profissional que produz ciência e saúde, a coordenação do mestrado organizou este debate, que traz como convidado o sociólogo Jessé Souza. A aula também terá como debatedor o ex-diretor da ENSP e coordenador do Centro de Estudo Estratégicos da Fiocruz (CEE), Antônio Ivo de Carvalho. O evento é aberto a todos, não sendo necessário inscrição prévia.

Erradicar a fome até 2030?

segunda-feira, 23, outubro , 2017 por

O número total de pessoas que sofrem com a fome na América Latina e no Caribe aumentou, revertendo décadas de progresso. Enquanto isso, o sobrepeso afeta homens e mulheres de todas as faixas etárias e constitui um grande problema de saúde em todos os países da região das Américas. Essas estatísticas fazem parte do documento Panorama da Segurança Alimentar e Nutricional na América Latina e no Caribe 2017, publicado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Página 1 de 14
TOP