“América Latina: sociedade, política e saúde em tempos de pandemia” é o novo livro do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO), com lançamento na próxima sexta-feira, 27 de agosto, às 16h (horário de Brasília), que será transmitido no Facebook e Youtube da CLACSO. Interessados em participar da sala de conferência como debatedores devem se inscrever

presente e o futuro das grandes metrópoles frente à crise sanitária de Covid-19 foi o tema da mesa de abertura do “Ciclo Cadernos Metrópole – Difusão Científica e Temas Emergentes”, realizada dia 5 de agosto em formato virtual. O evento marcou o lançamento do dossiê número 52 da revista Cadernos Metrópoles, intitulado “Metrópole e Saúde”, organizado pelo sanitarista José Noronha e o geógrafo Ricardo Dantas, ambos pesquisadores do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) que integram a iniciativa Brasil Saúde Amanhã. O “Ciclo Cadernos Metrópole – Difusão Científica e Temas Emergentes” acontece até 16 de setembro, com encontros on-line toda quinta-feira, a partir das 16h, no canal do Observatório das Metrópoles.

A pandemia de Covid-19 trouxe desafios urgentes e imediatos para os países e os sistemas de saúde e evidencia a necessidade de planejamento de longo prazo com vistas ao fortalecimento do Estado de Bem-Estar Social; a garantia de direitos, sobretudo para as populações mais vulneráveis; e a articulação entre desenvolvimento e sustentabilidade. Com o compromisso

O futuro do trabalho em Saúde dependerá do papel do Estado, do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e da adoção de políticas públicas cidadãs. Essa é a conclusão do seminário “O Brasil depois da pandemia: transformações do trabalho em Saúde”, promovido dia 12 de julho pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, com transmissão on-line

“Se há um tema sobre o qual é urgente se pensar na área de saúde, esse tema é o das tecnologias digitais e seus impactos sobre as formas de produzir saúde”. A afirmação é do antropólogo Leonardo Castro, pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz) e coordenador do projeto de pesquisa “Implicações

As relações federativas da Saúde durante a pandemia de Covid-19 e as mudanças possíveis na governança do Sistema Único de Saúde (SUS) são tema de três novos Textos para Discussão lançados pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã na última segunda-feira, 28 de junho, durante o seminário on-line “O Brasil depois da pandemia: relações federativas, contratualização de

As perspectivas para o trabalho em saúde após a pandemia de Covid-19 são tema do próximo seminário da iniciativa Brasil Saúde Amanhã, que acontece dia 12 de julho, das 10h ao meio-dia, com transmissão ao vivo pelo canal da VideoSaude Distribuidora da Fiocruz no YouTube. Intitulado “O Brasil depois da pandemia: transformações do trabalho em

As mudanças na governança do setor de Saúde após a emergência sanitária provocada pelo novo coronavírus estão em pauta na próxima segunda-feira, 28 de junho, no seminário on-line “O Brasil depois da pandemia: relações federativas, contratualização de serviços e redes de cuidados em saúde”, promovido a partir das 10h pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã. Neste encontro

As perspectivas para a democracia, o controle social, as políticas públicas e o poder político foram debatidos na manhã de 31 de maio durante o painel virtual “O Brasil depois da pandemia: Democracia, Representação e Ação Política”. Veja a cobertura completa do evento.

Tendências epidemiológicas, mortes por causas externas e emergências sanitárias foram a tônica do seminário on-line “O Brasil depois da pandemia – Riscos, adoecimento e morte no século XXI: desafios para o sistema de Saúde”, promovido pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã no dia 17 de maio. Leia a cobertura do evento.

Página 2 de 98
TOP