Acesso universal a saneamento básico e água potável é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030.

Editorias

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz) vai produzir um importante medicamento para tratamento de isquemia cardíaca, o Vastarel, na concentração 80 mg. Com o objetivo de abastecer o Sistema Único de Saúde (SUS), a fabricação no Complexo Tecnológico de Medicamentos (CTM) será viabilizada a partir de uma parceria entre a unidade da Fiocruz e o laboratório francês Servier. O diferencial deste acordo está na internalização da tecnologia de micropellets, modo de encapsulamento que possibilita liberação diferenciada dos fármacos, prolongando a ação do medicamento. Incorporada, tal tecnologia poderá ser usada, futuramente, para o desenvolvimento de outros medicamentos de interesse do SUS.






Editorias

Colóquio discute desigualdades sociais

quarta-feira, 12, julho , 2017 por

Que fatores políticos, sociais, econômicos e culturais podem explicar os fluxos globais de concentração ou distribuição de riqueza pelos quais passam os países e as populações? O economista Carlos de Aguiar Medeiros aponta as guerras massivas como pontos de inflexão para transformações sociais. O tema foi debatido dia 7 de julho, durante a 11a sessão do colóquio “Sobre a Guerra”, do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), intitulada “Desigualdade social e distribuição da riqueza”. A iniciativa é coordenada pelo professor de Economia José Luís Fiori, colaborador da rede Brasil Saúde Amanhã e autor do capítulo “Ontem, hoje e 2030: tendências do sistema mundial — com ênfase na América do Sul”, que integra o volume “Desenvolvimento, Estado e Políticas de Saúde” do livro “A Saúde no Brasil em 2030: Diretrizes para a Prospecção Estratégica do Sistema de Saúde Brasileiro”.






Futuras ondas epidêmicas do vírus, que colocarão outras pessoas em risco, continuam prováveis






Saúde sem dívida e sem mercado

segunda-feira, 10, julho , 2017 por

Especialistas debatem efeitos de longo prazo da EC 95 sobre o financiamento da Saúde






Mulheres negras rumo a um planeta 50-50 em 2030

segunda-feira, 10, julho , 2017 por

A representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, apresentou no fim de junho (27) em Brasília a estratégia de comunicação e ação política “Mulheres Negras Rumo a Um Planeta 50-50 em 2030” para organizações brasileiras de mulheres negras. Na ocasião, foi discutida a parceria com o movimento de mulheres negras para fortalecer o desenvolvimento da iniciativa, composta por ações de comunicação e advocacy político para as afro-brasileiras, no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da Década Internacional de Afrodescendentes (2015–2024).






No próximo dia 10 de julho reúne-se em Nova York o Fórum Político de Alto Nível da ONU para mais uma rodada de discussão sobre a Agenda 2030 e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), acordados por quase 200 países – entre eles o Brasil. O encontro serve para monitorar e avaliar os avanços do acordo, que em sua declaração oficial afirma que os governos devem alcançar um desenvolvimento “sustentável nas suas três dimensões – econômica, social e ambiental – de forma equilibrada e integrada” até 2030. Há, no entanto, questões de fundo sobre modelo de desenvolvimento que não estão sendo observadas e comprometem o cumprimento da Agenda 2030.






Abrascão 2018

segunda-feira, 03, julho , 2017 por

O mais importante evento da Abrasco será realizado em julho do próximo ano, na Fiocruz






Reforma da Previdência

segunda-feira, 03, julho , 2017 por

Pesquisadores criticam projeções populacionais e financeiras






Cooperação internacional

segunda-feira, 03, julho , 2017 por

Uma delegação de especialistas em saúde e genômica da China visitou a Fiocruz, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, nesta semana, com o objetivo de discutir futuras parcerias entre os dois países. Em sessão especial organizada (27/6) em conjunto pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz) e Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), pesquisadores chineses e brasileiros compartilharam suas descobertas científicas sobre os vírus zika e ebola e discutiram possibilidades de colaboração para controlar a re-emergência de outros vírus e antecipar novas epidemias.






Página 3 de 62
TOP