Livro “Brasil: Estado social contra a barbárie”, recém-lançado pela Fundação Perseu Abramo, dedica capítulo aos rumos da Saúde Pública brasileira.

Leia na íntegra.

Novo livro da Fundação Perseu Abramo tem capítulo dedicado ao sistema de saúde brasileiro, de autoria de pesquisadores da iniciativa Brasil Saúde Amanhã “O sistema de saúde brasileiro: rumo à universalidade ou à segmentação?”. Com esta questão norteadora, os pesquisadores José Carvalho de Noronha e Leonardo Castro, da rede Brasil Saúde Amanhã, trazem reflexões sobre

A polarização política e a disputa pelo poder em plena crise de saúde pública, provocada pela pandemia do novo coronavírus é o que poderá levar o Brasil ao colapso em diversos setores importantes para o funcionamento e prosperidade do País, a exemplo da saúde pública, da economia e do emprego. Essa é uma das conclusões

O documento produzido pelo sistema MonitoraCovid-19, da Fiocruz, tem o intuito de contribuir no enfrentamento da Covid-19, adicionando uma perspectiva regional de planejamento.

Leia na íntegra.

Relatório analisa o potencial de exposição de populações indígenas à Covid-19 no território brasileiro e busca identificar os segmentos da população indígena que apresentam maior vulnerabilidade.

Leia na íntegra.

O estudo foi realizado a partir de simulações dos impactos diretos e indiretos de variações dos quatro componentes da demanda final – exportações, consumo das famílias, formação bruta de capital fixo das famílias e das empresas e gastos do governo.

Leia na íntegra.

Nota técnica do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS), de março de 2020, busca identificar as áreas de maior carência de leitos, respiradores e ocupação hospitalar.

Leia na íntegra.

A alta-comissária da ONU para direitos humanos, Michelle Bachelet, e o alto-comissário da ONU para refugiados, Filippo Grandi, apresentam os desafios da pandemia para o mundo e ressaltam a importância de ações que incluam os mais vulneráveis e marginalizados.

Leia na íntegra.

O documento destaca que a pandemia de Covid-19 colocou em xeque todo o arcabouço de políticas econômicas neoliberais e do capitalismo desregulado dos últimos 40 anos, desafiando respostas amplas do Estado e das políticas de proteção social.

Leia na íntegra.

“Pela primeira vez, temos uma agenda para o desenvolvimento sustentável que amplia o debate no âmbito do direito à saúde universal, em especial, ao acesso a medicamentos. É uma grande oportunidade para todos nós”. A afirmação é da representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) no Brasil, Socorro Gross Galiano, que ministrou palestra magna durante o lançamento do livro “Desafios do acesso a medicamentos no Brasil”, pela iniciativa Brasil Saúde Amanhã, dia 25 de junho. Intitulada “Acesso a medicamentos no mundo contemporâneo: perspectivas para as próximas décadas”, a apresentação abordou os mecanismos existentes para promover o acesso a medicamentos, os desafios na área, as perspectivas para as próximas décadas e as oportunidades de atuação da OPAS frente à pandemia de Covid-19.

Página 3 de 92
TOP