O Brasil depois da pademia: cenários para o futuro do país e do sistema de saúde

A pandemia de Covid-19 trouxe desafios urgentes e imediatos para os países e os sistemas de saúde e evidencia a necessidade de planejamento de longo prazo com vistas ao fortalecimento do Estado de Bem-Estar Social; a garantia de direitos, sobretudo para as populações mais vulneráveis; e a articulação entre desenvolvimento e sustentabilidade. Com o compromisso de realizar a prospecção de cenários para o Brasil e o Sistema Único de Saúde (SUS) no horizonte móvel dos próximos 20 anos, a iniciativa Brasil Saúde Amanhã elaborou um conjunto de estudos de futuro, cujos resultados foram publicados como Textos para Discussão e apresentados em uma sequência de seminários on-line. Intitulada “O Brasil depois da pandemia”, a série de eventos reuniu pesquisadores de diversas instituições – como Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), entre outras – e abordou temas como o futuro do Estado Social, financiamento da Saúde, Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS); governança global da Saúde; relações federativas na Saúde; e a força de trabalho do setor. Realizados no âmbito da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030, os seminários foram transmitidos ao vivo pela VideoSaude Disribuidora da Fiocruz e estão disponíveis abaixo.

“O Brasil depois da pandemia: transformações do trabalho em Saúde”

 TD 63 – O futuro do trabalho: entre novidades e permanências
Henrique Amorim
Rafael Grohmann
 TD 64 – Profissões e Mercado de Trabalho em Saúde: perspectivas para o futuro
Francisco Eduardo Campos
Maria Helena Machado
Renato Penha de Oliveira Santos
Alexandre Oliveira Telles

Projeto “Implicações das tecnologias digitais para os sistemas de saúde”
Leonardo Castro

“O Brasil depois da pandemia: Perspectivas do Financiamento da Saúde e Relações Público-Privado no Brasil”

TD 43 – Os fluxos financeiros no financiamento e no gasto em Saúde no BrasilFernando Gaiger Silveira, Gustavo Souto de Noronha, Francisco R. Funcia, Roberto Luís Olinto Ramos, Ricardo Montes de Moraes,, Leonardo Costa de Castro, José Carvalho de Noronha
TD 51 – Empresas de Planos de Saúde no Brasil: Crise Sanitária e Estratégias de Expansão
Lucas Salvador Andrietta, Artur Monte-Cardoso, Jose Antônio de Freitas Sestelo, Mario César Scheffer, Ligia Bahia
TD 52 – Reestruturação do Setor Privado de Serviços de Saúde: Atualidade e Perspectivas
Marco Antonio Rocha

“Conversando sobre o Brasil pós-pandemia”
Luiz Antonio Simas
Rita Segato
Adelia Miglievich-Ribeiro

TOP